Onde utilizo o que aprendi sobre frequência natural nas aulas de engenharia?

0
313

Você já se perguntou o que fazer com os conteúdos que aprendeu na aula de engenharia?

DSC_0222

Na engenharia agrícola, assim como em qualquer outra engenharia os mecanismos de máquinas e equipamentos são todas fundamentadas em princípios físicos.  Quem não se lembra dos assuntos de frequência natural  amortecida / não amortecida / forçada com equações de primeira e segunda ordem, transformada de La Place, função transferência, entre outros? Não entraremos no mérito matemático, mas atualmente para a engenharia agrícola principalmente no processo de colheita mecanizada utilizando o princípio físico da vibração, este assunto é muito recorrente  como por exemplo na colheita mecanizada de café.

Neste processo de colheita é importante que se conheça a frequência e amplitude ideal para o qual o fruto (grãos) se desprendem do seu pedúnculo causando um mínimo de dano à planta. Para a máquina, é importante que se conheça a frequência natural dos materiais (determinada pela rigidez e massa) a partir de uma excitação a fim de que o objeto vibre (reverbere) a planta ou os galhos de tal forma que o fruto possa se desprender o mais rápido possível. Na engenharia muitas coisas são feitas experimentalmente porém é muito importante que se conheça os princípios físicos envolvidos para iniciar um projeto, portanto, não é a toa que tínhamos tantas disciplinas que achávamos que não serviriam para nada, mas são essenciais no mercado de trabalho! Então, pense bem antes de matar as aulas.

Gostaria de saber mais sobre o assunto? Escreva nos.

Deixe uma resposta