Aprenda o jeito certo de calcular Reserva de Torque

0
695

2012-3-8_Case_IH_Steiger_Tractors_Set_New_Industry_Records_for_Fuel_Efficiency_Steiger_600_High_Res

Como foi visto no post anterior, a reserva de torque é um valor relativo à elevação do torque do motor. Numericamente falando a reserva de torque representa a elevação de torque a partir do valor do torque na potência máxima até o torque máximo, é nesta faixa de rotação que realizamos quase todas as operações agrícolas, vejamos na equação e no gráfico novamente:

Sem título1

Sem títuloO cálculo é muito simples, a pergunta agora é: Como estas curvas são obtidas?

Você já ouviu falar em dinamômetro? Existe um modelo em especial utilizada para levantar curvas de torque e potência de tratores a partir da tomada de força do trator. Ela nada mais é do que um freio dinamométrico instrumentado que freia o motor indiretamente através da tomada de força, obtendo dados de torque e rotação, a potência fica por conta do produto destes dois fatores, não se esqueça de utilizar as unidades corretas para os cálculos.

Então como o freio dinamométrico funciona?

Muito simples, veja o esquema a seguir:

Sem título1

A cinta freia o eixo e resultando em uma força resultante em “F” obtida normalmente por um célula de carga, a leitura da rotação é obtida por um sensor indutivo a partir de então o programa pode calcular torque, rotação e potência e ainda plotar as curvas.

É extremamente importante, para que as operações agrícolas sejam bem feitas, que os dados sejam levantados e gerem informações sólidas para que os engenheiros indiquem como proceder. Você já passou por alguma situação dessas? Nos escreva!

Deixe uma resposta