Drones não funcionam!

0
625

A utilização de drones na estimativa de produtividade de pastagens é como usar um trator de 600 CV para puxar uma carretinha.

Os dados que podem ser extraídos a partir de uma imagem de drone são tão precisas, mas estão em uma escala muito esmiuçada para ser utilizado como parâmetro para o cálculo da produtividade.

A startup Pasto Sempre Verde, que faz uma análise preditiva da produtividade de pastagens fez testes na ESALQ comparando os resultados de produtividade utilizando imagens captadas por um drone e outro por imagens de satélite. Escrevi um artigo sobre isso no Linkedin e você pode conferir acessando esse link.

Boa leitura!

Pode comentar, criticar e compartilhar com quem possa se interessar pelo assunto. A ideia é realmente criar um ambiente de discussão sobre um tema tão recente.

Fábio Makoto Okuno

Deixe uma resposta