Temperatura alta – Grande problema em Hidroponia

10
1221

Estufa_standard

Como visto anteriormente, a hidroponia garante ao produtor uma serie de benefícios referentes a proteção contra pragas e intemperismo, devido a fatores como estufa e a não “utilização” do solo. Ainda assim, o produtor hidropônico terá que enfrentar alguns problemas na sua produção e não estará imune a pragas.

É fato que no verão os produtores hidropônicos conseguem produzir mais e melhor do que os produtores convencionais, tendo em vista as chuvas torrenciais e o sol forte (climas típicos do verão), contudo as altas temperaturas afetam a produção hidropônica também.

O aumento na temperatura da solução nutritiva é um dos piores problemas nessa época, afetando diretamente a plantação. Quanto maior a temperatura da solução, menor a capacidade da solução de dissolver o oxigênio. A alface por exemplo é uma planta que cresce satisfatoriamente num nível de OD (oxigênio dissolvido) de pelo menos 4 ppm. A insuficiência de oxigênio reduz a permeabilidade da água na raiz, ocorrendo a acumulação de toxinas, de forma que, água e minerais não podem ser absorvidos em quantidade suficiente para suportar o crescimento das plantas. Com isso, há murchamento e estresse na planta, acompanhado de taxas mais lentas de fotossíntese e transferência de carboidratos, deficiência de minerais entre outros problemas. Como se não bastasse isso, uma vez que a planta fica estressada, patógenos oportunistas, como o Pythium, podem tomar posse facilmente da plantação.

O fungo pertencente ao gênero Pythium spp é um dos fungos mais problemáticos presentes na horticultura. Caracteristicamente ele ataca as plantas pouco resistentes ou que estão sofrendo de algum estresse proporcionado pelo ambiente na qual ela esta inserida. O fungo ataca o sistema radicular da planta, sendo o principal sintoma o apodrecimento da raízes e consequentemente murchamento da folha. É interessante verificar que há produtos comerciais que podem “eliminar” o fungo da sua plantação, contudo, caso a temperatura da solução continue alta, há a grande chance do fungo voltar (reprodução via esporo), de modo que, seria mais interessante nesse caso pensarmos em métodos para minimizar o aumento da temperatura da solução nutritiva. Contudo deixo isso para um próximo post.

Abraço

Andre

10 COMENTÁRIOS

    • Então Auricelio,

      Essa questão é complicada e não existe uma resposta simples e fácil. No verão a quantidade de produtores com problemas de temperatura é muito grande, justamente porque não há no mercado uma “ação padrão” para resolver esse problema.

      No meu próximo post (que espero escrever ate o final do mês), irei tratar de vários mecanismos e ações que se pode utilizar para minimizar esse problema, ou possivelmente solucionar. Posso te adiantar, que não existe ainda no mercado um sistema de resfriamento de solução nutritiva (pelo menos não que eu saiba =D), contudo, posso garantir que esse sistema será desenvolvido pelas empresas nos próximos meses/anos, devido a demanda no mercado.

      Bom, sei que não respondi a sua pergunta propriamente dita, mas espero responde-la nas próximas semanas…

      Até la

      • Ola André Ghiraldini eu to fazendo meu tcc sobre temperatura da solução nutritiva e quero analisar o desempenho da alface americana submetidas a diferentes temperaturas da solução nutritiva e tipo nao acho quase trabalho nenhum para fazer a parte escrita do meu projeto sera que voce me indicaria trabalhos relacionados a esse tema.
        Desde ja eu agradeço.

    • Olá Pessoal, morei no interior de São Paulo, na cidade de Mocóca-SP, Muitas Fazendas, Sítios que tiram leite, possui um sistema de refrigeração de Leite. Assim que o leite sai da teta da vaca, através de máquinas, sai com temperatura de 36ºC, vai até o resfriador. Em 3 horas o RESFRIADOR deixa esse leite com 4ºC. Bom, acredito que usando o sistema de resfriamento (RESFRIADOR DE LEITE), ou o Motor de resfriamento com serpentina inoxidável, podemos resfriar a solução nutritiva à 18ºC ou menos ou mais, de acordo com a necessidade, sussegado, ou através de um trocador de calor marca apema, colocado na saída da bomba de nutrientes (a água resfriada, passa pelo trocador de calor, resfriando os nutrientes isoladamente), vejam estes sites abaixo, tenho certeza que vão gostar, pois através dele, tenho certeza, que vocês vão criar algo melhor. Boa sorte a todos.
      Os sites: – http://www.prsulordenhadeiras.com/resfriadores

      http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-758952154-tanque-expanso-tanque-resfriador-de-leite-a-granel-_JM

      http://www.friomax.ind.br/index.php?pp=galeria&cc=15

      http://www.apema.com.br/index.php/produtos-detalhes/trocadores-de-calor-casco-e-tubos/

      http://www.apema.com.br/index.php/produtos-detalhes/placas-brasadas/

Deixe uma resposta