O que é pegada de carbono e porque você ainda vai ouvir muito sobre isso

1
119

pegada_carbono

O conceito de pegada de carbono ou o termo em inglês “carbon footprint” é muito novo e tem menos de 15 anos de existência desde suas primeiras publicações científicas.

A pegada de carbono é a quantidade de gases de efeito estufa, transformados em CO2, que foram emitidos por uma pessoa, companhia, atividade ou processo quando analisado seu ciclo de vida completo.

Explicando um pouco mais a fundo: é necessário elencar uma unidade funcional, ou seja uma base única para medir todas as emissões desde o berço até o túmulo. Com essa unidade são analisados todos os materiais que são produzidos para suprir certo produto, a energia consumida como foi gerada e o uso final em si. Todas essas emissões são somadas e então é encontrada a pegada de carbono de determinado produto, serviço, atividade ou processo.

Como foi dito no título, não é importante apenas saber o que é a pegada de carbono, mas também entendê-la muito bem. Isso é necessário por conta das mudanças climáticas globais que forçam diversos órgãos mundiais e pesquisadores a calcular a pegada de carbono de diversas atividades econômicas e a agricultura é uma delas.

Desta forma, privilegiar produções mais sustentáveis é garantir que o agronegócio não seja questionado de maneira precipitada. Produções animais com manejo correto de dejetos é uma delas que faz toda a diferença.

Um setor onde a pegada de carbono é utilizada corriqueiramente é no de biocombustíveis. Compara-se a pegada do uso de combustíveis fósseis e biocombustíveis com frequência então desta forma é possível garantir que combustíveis renováveis emitem menos gases do efeito estufa e assim sua produção pode ser privilegiada.

Por tudo isso, preste bastante atenção neste termo, você ainda vai ouvir falar muito nele.

 

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta