Você sabe a diferença entre carro e trator?

3
843

Você realmente conhece quais são as principais diferenças e semelhanças entre um carro e um trator?


A priori, podemos imaginar que as diferenças são tão óbvias que nem é preciso ser um especialista para saber que uma coisa não tem nada a ver com a outra, não é bem assim, verificaremos aqui as diferenças conceituais do ponto de vista da física e da mecânica. Ambos são veículos motorizados que desenvolvem potência durante sua utilização consequentemente imprimem força, velocidade, torque e trabalho, sem contar com a transformação termodinâmica que ocorrem nos motores.

Você sabia que tanto o trator Massey Ferguson quanto o Fiat Uno possuem mesma Potência?

Sem título

Embora estes dois veículos movidos com diferentes tipos de combustíveis, ambos possuem potência nominal em torno de 75 CV, porém cada um desempenha o seu papel para a qual foi projetada. O carro por exemplo seria incapaz de tracionar um arado ou qualquer outro tipo de implemento mais pesado, nem mesmo o trator ser capaz de atingir velocidades superiores à 70 Km/h. O conceito fundamental de baseia em:

TRATOR:

1- Capacidade de tração – O trator como o próprio nome já diz, aquele que exerce tração, possuem recursos que de lastreamento (aumento de peso) para que o mesmos exerça mais atrito dos pneus ao solo para que o mesmo possa tracionar carga mais pesada. A capacidade de tração pode ser chamada também de Coeficiente de Tração, é uma relação de forças entre o Peso Estático Traseiro e a força de Tração Horizontal na Barra – (CT = THB/PET), em teoria quando essa relação aumenta, ou seja, quando há aumento de carga resistente a ser tracionada, a patinagem do trator também aumenta e se o lastro for aumentado, mais carga será possível de ser tracionada.  A patinagem em operação agrícola é um requisito importante desde que esteja dentro dos limites aceitáveis.

2- Lastro – Um trator pode ser lastreado adicionando água aos pneus, até 75% do volume para pneus diagonais e 40% para pneus radiais, além dos lastros metálicos que são acoplados na parte frontal e também no eixo da roda traseira, os lastros porém devem ser colocados de forma balanceada que permita o equilíbrio dinâmico do trator durante a operação, caso os lastros forem colocados inadequadamente podem o trator pode tender a “galopar” mais conhecida como POWER HOPE causando desconforto ao operador e pode também elevar o consumo de combustível por excesso de peso.

3- Torque- A transmissão de um trator é toda projetada para que proporcione elevado troque ao eixo de tração, rodas, isso é possível através de reduções no conjunto de mecanismo de transmissão. O conceito teórico é que a potência é o produto da rotação pelo torque (P = Rotação x Torque), mantendo a potência constante, se um dos fatores for aumentado o outro deve diminuir.

4- Motor – Uma das características mais importantes em um motor de um trator é a Reserva de Torque conforme já explicado em outra postagens (clique aqui). Ela é importante porque permite perder rotação em determinada condição de trabalho (aumento da resistência do conjunto tracionado) sem que o motor se apague ou que necessite da troca de marcha, pelo contrário, o motor aumenta o torque do mesmo até vencer o obstáculo. Os motores normalmente possuem cursos mais longos do pistão porque possuem virabrequins maiores que possibilitam mais torque ao motor.

CARRO:

1- Relação peso potência – Para um carro, é importante que a relação Peso/Potência seja baixo, haja visto que um carro não trabalha tracionando cargas, é importante que o veículo mantenha – se leve para que se tire o máximo de proveito da potência do motor para atingir altas velocidades.

2- Transmissão – A transmissão do carro foi feita para atingir velocidade elevadas, diferentemente do trator, o carro carro possui menos redução de rotação no sistema de transmissão.  A caixa de mudança apresentam componentes mais frágeis porque o torque no sistema de transmissão é menor.

3- Motor – O curso do pistão é mais curto de sua superfície é maior, desta forma esses motores atingem rotações mais elevadas que permitem atingir velocidades mais elevadas.

Existem mais diferenças mas ficamos por aqui, dúvidas? Deixe o seu comentário

3 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta