Preciso atualizar a imagem do Google Earth da minha propriedade, como faço?

3
1606

google-earth-inteliagro

No último mês essa pergunta do título foi feita para mim algumas dezenas de vezes. Em geral é assim:

Tenho algumas áreas (ou propriedades) e quero ver todas elas na tela do meu computador, como faço? Como melhoro as imagens do Google Earth?

Não, infelizmente não será tão simples assim…

Com o advento do Google Maps e Earth o modo que as pessoas passaram a lidar com mapas e imagens de satélite mudou completamente. Antes deles, ver uma imagem de satélite da nossa casa ou fazenda, parecia algo que remetia a ficção científica. Era impossível imaginar que um serviço na nuvem traria imagens do mundo todo para acesso rápido e fácil em qualquer lugar. O Google Maps e Earth revolucionou a maneira que as pessoas encaram as geotecnologias. Hoje em dia quase todo mundo sente-se íntimo de um mapa.

Nós que trabalhamos com geotecnologias temos muito o que comemorar e um pouco que temer. Com essa popularização de mapas e imagens de satélite, as pessoas passaram a acreditar no potencial das mesmas e nossos trabalhos começaram a ser mais valorizados em vários setores da sociedade que antes pareciam improváveis como por exemplo empresas de seguro e corretagem agrícola.

Nesses setores sempre foram utilizados técnicos de campo com grande competência que percorrem milhares de propriedades para verificar dados declarados ou para fazer valoração da terra em questão. O problema é que o trabalho é lento e oneroso.

Aí que surgiu um dos problemas do advento dos serviços do Google para geotecnologias. Muitas empresas utilizaram os profissionais que estavam treinados para fazer as verificações de campo para fazerem as mesmas verificações mas utilizando imagens de satélite do Google Earth.

Alguns cuidados básicos devem ser levados em conta ao trabalhar-se com imagens e são necessários profissionais treinados e capacitados para que o trabalho não produza diversas bobagens.

Imagens de satélite tem características próprias como por exemplo:

-Tamanho do pixel (área mínima que é contabilizada como uma unidade visual);

-Freqüência de passagem (a cada quantos dias o satélite passa novamente sobre a mesma região do globo);

-Quantidade de informações diferenciadas por pixel (quantos valores diferentes podem ser captados em cada pixel);

-Distorção;

-Desvios.

Esses são alguns dos exemplos e o Google Earth ainda tem uma variável a mais que nos remete ao título do post: as imagens que estão na base do Google são imagens que foram adquiridas por alguém, ou seja, o satélite imageou sob encomenda uma determinada região. Desta forma, muitas regiões do globo terrestre tem imagens de baixa resolução ou muito de média resolução mas muito desatualizadas. Outro fenômeno comum são regiões cobertas por nuvens.

Com isso, foi assumido em serviços, muita coisa que as imagens de satélite não estavam realmente refletindo e as análises a distância começaram a ter mais incertezas do que certezas e assim muitas empresas que as adotaram logo concluíram que elas não prestavam.

Com certeza isso é uma conclusão errônea, o sensoriamento remoto e as geotecnologias são fortes aliados para qualquer trabalho como os citados no texto, mas sempre deve haver critério no momento das análises. As áreas devem estar georreferenciadas, as imagens devem ser adquiridas se necessário, deve-se tratar as imagens antes do uso entre outras boas práticas que qualquer bom profissional adotará.

Minha resposta para todos que me indagaram sobre isso foi: guarde o Google Earth para consultas rápidas e utilize ferramentas mais robustas para suas análises a distância.

Este texto tem o cuidado de ser o menos técnico possível para fácil compreensão, caso você encontre algum problema, por favor me escreva.

3 COMENTÁRIOS

  1. Preciso de imagens atualizadas de uma fazenda que tenho, quero separar área por areá e o meu google earth está muito desatualizado as imagens que consegui localizar, qual site de imagens poderia me indicar? Conhece algum gratuito?

  2. Nas localidades próximo a mim, inclusive a minha rua, as imagens estão tão desatualizadas que vi casas que foram mudadas de cor, estado físico e visual à no mínimo 4 anos atrás! Como o satélite atualizará? Qual o tempo médio de atualização de locais onde o satélite já passou?!

Deixe uma resposta