Você realmente precisa de uma previsão de safra?

1
207

Nesse post vou te provar que você não precisa de uma previsão de safra.

No último mês desde que participei da maior feira agrícola do país, tenho que responder a seguinte pergunta: É possível ter 98% de acurácia na previsão de safras com imagem de satélite?

Eu pondero todas os pontos positivos e negativos e respondo caso a caso. Mas a grande questão que vem na minha cabeça é: Você realmente precisa de uma previsão de safras? Você descobrir com três ou quatro meses antes quanto vai produzir com 98% de acerto vai fazer você ganhar mais dinheiro?

Para o produtor, na maioria das vezes a informação da previsão de safras não serve para nada. O que muda a vida do produtor é localizar problemas a tempo de intervir para poder produzir mais e mais. As imagens de satélite são ferramentas espetaculares para o monitoramento da produção. Com elas é possível identificar e diagnosticar o que aconteceu com a cultura e dessa forma tentar palear os danos.

Previsões dependem de modelos e de suposições de que algo ocorrerá de uma determinada maneira, algo que na maioria das vezes é extremamente difícil de realmente acontecer.

           Qual informação realmente tem impacto no teu lucro?

Um exemplo é uma plantação de soja que pelas leituras das imagens de satélite está com seu crescimento ideal para a produtividade máxima. O modelo irá predizer isso, porém de repente ocorre um evento de chuva acima da média por dias e os grãos não são corretamente formados. Sendo assim, a predição irá ser totalmente anômala a o que ocorreu de fato.
Pensando da mesma ótica, após esse evento de chuvas acima da média, através dos registros das imagens dali em diante, o produtor aí sim poderá mensurar suas perdas e acionar o seguro rural de porte de documentação que avalia essa perda.

De outra maneira, imaginando uma praga em qualquer cultura, um evento de floração na cana, um déficit nutricional… Todos esses fenômenos podem ser monitorados e seus danos minimizados. O produtor no dia a dia precisa é disso. Cinco porcento a mais ou a menos da sua estimativa da safra não irá ser tão definitiva quanto a redução dos impactos.

É claro que sei o quão valioso é uma previsão de safras precisa para grandes grupos empresariais, para traders, para empresas de logística. Mas tudo isso é baseado em grandes áreas. Estou certo que o produtor tem muitos problemas para ficarem em dúvida se a previsão está com 98% de acerto.

Portanto, antes de imaginar como você vai usar esse dado, imagine quantos dados seriam possíveis de serem usados e gerarem lucro para a produção?

Um dos pilares do Fazenda 4.0 é o da produção. Sensoriamento Remoto aplicado à agricultura é um dos tópicos principais para que o produtor tenha conhecimento dessas ferramentas e como elas farão ele produzir mais.

 

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta